Justiça começa a ouvir testemunhas do caso Sérgio Monteiro

 

A 3.ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus iniciou nesta quinta-feira (09/06) a audiência para instruir a Ação Penal n.º 0803753-09.2021.8.04.0001, que tem como réu o policial civil Adans  Pachla, acusado da morte de Sérgio Fragoso Monteiro, ocorrida em 18 de junho de 2021, por volta das 5h30, na rua Persides (ant. Guarany), no bairro Vila da Prata, em Manaus, após disparo de arma de fogo.

Nesta quinta-feira (9/6) foram ouvidas cinco testemunhas de acusação, no Fórum de Justiça Ministro Henoch Reis, bairro São Francisco, zona Sul de Manaus. A audiência de instrução ainda será concluída pela Vara do Tribunal do Júri em uma nova data, quando serão ouvidas as testemunhas de defesa e será realizado o interrogatório do réu. 

A audiência de instrução foi presidida pela juíza de Direito Eline Paixão e Silva Gurgel do Amaral Pinto. O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM) esteve representado pela promotora de justiça Carolina Monteiro Chagas Maia. Ela teve como assistente de acusação os advogados Vilson Gomes Benayon Filho e Sophia Beatrice Nóvoa da Silva. 

O réu Adans Pachla foi assistido pelos advogados Rebekah Pessoa Reis Aguiar e Lucyana Affonso Carriço. A audiência de instrução começou por volta das 9h e os trabalhos de hoje encerrados às 13h30.


Foto: Ascom/TJAM

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem