Casarão da inovação Cassina recebe terceira turma do Programa ‘Salto: Aceleradora de MEIs’

O Casarão da Inovação Cassina, localizado no Centro Histórico, e administrado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), abriu as portas, na noite desta terça-feira, 7/6, para a realização da terceira turma do primeiro ciclo de aulas do programa “Salto: Aceleradora de MEIs”.

Ao todo, serão 10 encontros com a metodologia focada em três grandes saltos, cujo primeiro deles é voltado para o empreendedor, com módulo de autoconhecimento. O segundo faz jus ao modelo de negócio para estudar sobre o próprio empreendimento. Já o terceiro é sobre o crescimento que acessa ferramentas desenvolvedoras e aceleradoras das microempresas.

“Um equipamento como este mantido e custeado pelo poder público, é um incentivo aos empreendedores. Dar incentivos fiscais e extrafiscais é uma tentativa de fazer com que a nossa sociedade se desenvolva. Ver os participantes chegando até o final do programa, é um sinal de que o poder público precisa investir cada vez mais. Então, temos grandes vantagens em investir em projetos como este”, afirmou o titular da Semtepi, Radyr Júnior.

O programa é executado com recursos fornecidos pelo Fundo Municipal de Empreendedorismo e Inovação (Fumipeq) da Semtepi, em parceria com o Impact Hub Manaus, uma organização que trabalha para o fomento de empreendedorismo e inovação social.

Na ocasião, entre o primeiro e terceiro dia de aula já totalizaram cerca de 100 alunos de diversos ramos de empreendimentos, que receberam conhecimento e informação sobre gestão de seus próprios negócios. Para quem não foi selecionado no 1º ciclo, no mês de setembro será aberta uma nova etapa, para alcançar todo o público.

As próximas aulas serão ministradas em mais três pontos: TV Lar Amazônia Labs, no Centro; shopping Phelippe Daou, bairro Cidade de Deus, zona Norte; e Impact Hub, bairro Aleixo, zona Centro-Sul.

Para a participante Camila Chaves, que trabalha com Marketing Digital, o curso tem grande importância para sua jornada empreendedora. Além disso, a ação da prefeitura fornece os conhecimentos essenciais para ser um Microempreendedor Individual (MEI) de sucesso.

“Eu busco entender melhor sobre mim e sobre o futuro do meu empreendimento, então o ‘Salto’ surgiu na minha vida para que eu possa me organizar e planejar melhor o meu negócio. Acho que o mais importante é o gerenciamento de tudo que a gente planeja para o futuro, então acredito que a partir daqui a minha vida vai mudar”, afirmou Camila.

Fotos: Divulgação / Semtepi

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem