Detran Amazonas abre Maio Amarelo com foco em ações educativas

Tema deste ano é “Juntos Salvamos Vidas”, e ações serão focadas em escolas e repartições públicas

Com o tema “Juntos Salvamos Vidas”, o movimento Maio Amarelo 2022 será aberto pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) nesta terça-feira (03/05) em solenidade na sede do órgão, na avenida Mário Ypiranga Monteiro, no Parque 10, zona centro-sul. O foco deste ano serão ações educativas em escolas, empresas e repartições públicas.

A equipe de educação de trânsito do Detran Amazonas vai realizar 43 ações com o intuito de conscientizar condutores e pedestres sobre a importância de se respeitar as leis de trânsito e, assim, diminuir os índices de acidentes de trânsito com vítimas fatais e lesionadas.

Até o dia 31 de maio, o Detran-AM vai realizar palestras em empresas e universidades, levar teatro de fantoches para as escolas de educação infantil, realizar abordagens educativas com distribuição de materiais e atuar diretamente com condutores profissionais (taxistas e mototaxistas). 

Maio Amarelo – O movimento Maio Amarelo foi criado em 2014 pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) do Trânsito, uma instituição social sem fins lucrativos, após a Organização das Nações Unidas lançar, em 2011, a Década de Ações para Segurança no Trânsito.

Já são nove anos de movimento que, anualmente, busca unir todos os entes ligados direta e indiretamente com a temática trânsito e transporte, como os Detrans, a Polícia Rodoviária Federal, os Institutos Municipais de Trânsito, além de empresas e entidades do setor, como fabricantes de motocicletas. 

Números – Além de ações educativas, o Detran-AM tem intensificado as fiscalizações de trânsito com foco na Lei Seca. Só no ano passado, foram 2.139 motoristas autuados por estarem dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica. Até março deste ano, mais de 500 motoristas já foram pegos na Lei Seca em 70 operações realizadas pela cidade. 

A multa para quem é pego na Lei Seca chega a quase R$ 3 mil, e o condutor responde a um processo de suspensão da CNH. 

Essas ações têm ajudado na redução do número de acidentes de trânsito no Amazonas. Em 2021, a queda chegou a 37%.  

No ano passado, os acidentes com danos materiais caíram 45% no estado, e o de vítimas lesionadas, 24%. Em Manaus, o número de mortes no trânsito foi reduzido em 2,5% na comparação com o ano anterior.

 

FOTOS:Arquivo/Detran-AM


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem