Prefeitura de Manaus busca áreas para atendimento a pessoas em situação de rua no Centro

Para atender pessoas em situação de rua, a Prefeitura de Manaus, via articulações da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), fez uma vistoria no centro histórico, nesta quinta-feira, 10/3, em áreas que podem servir de ponto de apoio para atendimento e sensibilização da população em vulnerabilidade.

Com base no mapeamento realizado para dar suporte aos projetos do “Nosso Centro”, lançado pelo prefeito David Almeida, o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Carlos Valente, e a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes, visitaram possíveis locações para abrigar estruturas provisórias que vão servir para atender com alimentação e higienização, além de oferecer mais dignidade às pessoas que hoje ocupam as praças da Matriz e dos Remédios e o Paço Municipal.

“Identificamos, pelo serviço de abordagem social, um contingente grande de pessoas em situação de rua no Centro. Com o Implurb estamos buscando um local onde possamos instalar uma base provisória, com o uso de contêineres, para que sirva de atendimento a essa população. As pessoas receberão orientação quanto aos seus direitos, terão os dados inseridos no Cadastro Único e receberão alimentação e serviços de higienização, troca de roupa, banho, e o que mais for necessário para garantir sua reinserção no convívio com a família e a sociedade em geral”, explicou a secretária.

A Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) também será acionada para que possa oferecer vagas de inserção aos trabalhadores, no mercado profissional e possíveis cursos de capacitação.

Dados oficiais do Cadastro Único indicam que existem 857 pessoas em situação de rua na capital. A proposta com a locação de um atendimento específico no Centro é levar o serviço mais próximo a quem necessita e identificar se esse contingente é maior do que os números oficiais.

“A partir desta identificação vamos trabalhar no processo de acompanhamento a partir da nossa rede e programas sociais oferecidos pela Prefeitura de Manaus”, adiantou Jane Mara.

O diretor-presidente do Implurb, engenheiro Carlos Valente, disse que a prefeitura está atuando em várias frentes, com a elaboração de projetos para o “Nosso Centro”, mas sem esquecer de cuidados essenciais com o entorno e com a população que reside e ocupa o território. “As intervenções com obras são necessárias para reabilitar o Centro, mas é preciso cuidar desta população, levar assistência necessária e por isso a integração entre as secretarias é essencial”, comentou Valente.

 

Fotos:Divulgação / Implurb

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem