Prefeitura inicia recuperação de rede de drenagem rompida na zona Centro-Sul

 

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), realiza neste sábado, 8/1, uma obra emergencial para recuperar a rede de drenagem na avenida Umberto Calderaro Filho, no bairro de Adrianópolis, zona Centro-Sul. A tubulação, que é antiga, desgastou devido à pressão das ligações clandestinas e rompeu com o forte volume de água das chuvas.

“Começamos o ano de 2022 do jeito que terminamos 2021: enfrentando desafios. No ano passado, foram quase 800 redes de drenagem que apresentaram problemas crônicos e receberam da prefeitura, através da Seminf, uma atenção especial. São problemas recorrentes na cidade de Manaus devido às ligações clandestinas em redes que, em tese, deveriam receber apenas água da chuva e acabam recebendo todo tipo de dejeto”, ressalta o prefeito em exercício e secretário da Seminf, Marcos Rotta.

No caso da obra na avenida Umberto Calderaro Filho, Rotta afirma que o problema do rompimento foi agravado pelas condições da tubulução que, segundo laudo dos técnicos, é antiga. “São tubulações que não são feitas de concreto armado e não têm aquele revestimento de aço. Isso acaba fazendo com que, ao passar dos anos, elas desgastem e precisem ser substituídas”, informou o secretário.

Apesar de ser uma via de tráfego intenso de veículos, o trânsito não foi comprometido na área. No local, homens do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) interditaram o trecho da obra para que a equipe técnica da Seminf prossiga com os trabalhos. “Vamos trabalhar de forma rápida e dentro do padrão de qualidade exigido pelo prefeito David Almeida”, assegura Rotta.

Praia Dourada

Na zona Oeste da cidade, outra frente de obras da Seminf está levando pavimentação asfáltica para a Estrada da Praia Dourada, no bairro Tarumã. O trecho é conhecido por dar acesso aos bares e restaurantes flutuantes nas margens do rio Tarumã-Açu.

“Estamos trabalhando no local que dá acesso ao que é o lazer do manauara. Temos que preservar essa questão porque aos fins de semana, os balneários são muito frequentados por aqui. Além de prover acessibilidade aos banhistas, estamos dando condições de os comerciantes terem mais pessoas em seus estabelecimentos, gerando lucro e renda”, afirmou o prefeito em exercício.

A equipe da Seminf trabalha em regime de mutirão. Cerca de 100 toneladas de asfalto estão sendo aplicados ao longo da via, que estava intrafegável, com buracos e em terra crua. Os trabalhos vão seguir de forma célere durante a semana. 

Fotos:Osmar Neto / Seminf e João Viana / Semcom


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem