Pais comemoram liberação da vacina contra a Covid para crianças de 3 e 4 anos em Manaus

Dezenas de pais e responsáveis garantiram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 para suas crianças de 3 e 4 anos de idade, nesta segunda-feira, 18/7, nos pontos de atendimento ofertados pela Prefeitura de Manaus. A campanha de imunização, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), incluiu essa nova faixa etária a partir desta segunda-feira, e espera alcançar mais de 80 mil crianças.

A subsecretária municipal de Gestão da Saúde, Aldeniza Araújo de Souza, acompanhou o início dos trabalhos e explicou que esse público precisa respeitar um intervalo de 15 dias entre as vacinas do calendário básico, priorizando o imunizante contra a Covid. A medida não é mais necessária para crianças de 5 anos ou mais, conforme recomendação emitida pelo Ministério da Saúde na última sexta-feira, 15/7.

“Chamamos todos os pais e responsáveis para que procurem nossas 37 unidades de saúde, distribuídas em todas as zonas da capital, que estão aptas a atender o público infantil. A vacinação é a melhor arma contra a Covid-19, não tem nenhuma contra-indicação, pelo contrário, só traz benefícios, pois eleva a imunidade da criança, e evita que ela evolua para um quadro grave, se contrair a doença”, ressaltou Aldeniza.

O professor Gilberto Simões levou sua filha de 4 anos de idade, Luiza Simões, para receber a primeira dose no posto de vacinação do Studio 5, na zona Sul. “Eu fico satisfeito com essa imunização, porque eu vejo que a minha filha conseguiu tomar a vacina, enquanto muitas vítimas, inclusive crianças, não tiveram essa oportunidade”, disse.

O professor também aproveitou o momento para sensibilizar os pais que ainda se sentem inseguros em relação à vacinação de seus filhos. “A esses pais que ainda não trouxeram seus filhos, não esqueçam, vocês foram vacinados quando eram crianças. Se vocês não tivessem sido vacinados, talvez vocês não teriam essa chance de hoje trazer seus filhos para cá. Venham e vacinem seus filhos, é importante”, afirmou.

O comerciário Ronaldo Vieira também garantiu a vacinação do filho, Antoni Vieira, de 3 anos, já no primeiro dia de liberação. “Todo mundo já foi vacinado lá em casa e ele era o único que faltava. A vacina é um ato de amor, de preocupação, por isso quando a Semsa anunciou que ia ser liberada para a idade dele, a gente já se programou para trazê-lo, porque é muito importante, e não dá para deixar para depois”, contou.

Para receber o imunizante, as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis, portando documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e a carteira de vacinação. A lista de endereços pode ser conferida no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) e no link bit.ly/localvacinacovid19.

Dados

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima que, em Manaus, há 41.441 crianças de 3 anos de idade e 41.866 com 4 anos. De acordo com o Vacinômetro municipal, ferramenta do Sistema Municipal de Vacinação (SMV), até as 11h desta segunda-feira, 126 crianças de 3 e 4 anos receberam a primeira dose na cidade.

O Vacinômetro também já foi atualizado para inclusão da nova faixa etária, o que ampliou a população vacinável para 2.115.740 pessoas. Dessas, 1.851.146 tomaram a primeira dose, mas cerca de 200 mil não voltaram para receber a segunda dose. Em relação à terceira dose, aproximadamente 700 mil pessoas estão dentro do intervalo para receber o reforço, e cerca de 370 mil estão aptas para a quarta dose.

No que diz respeito às crianças de 5 a 11 anos, ainda conforme o SMV, 137.432 tomaram a primeira dose, e apenas 69.073 completaram o esquema vacinal com a segunda dose. A Semsa orienta que os pais retornem aos postos para aplicação da segunda dose.


Fotos: Henrique Souza / Semsa

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem