Prefeitura entrega três coletores flutuantes de lixo para comunidades rurais da cidade

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), entregou, nesta sexta-feira, 3/6, três coletores flutuantes de lixo para as comunidades rurais de Manaus na marina do Davi, estrada da Ponta Negra, zona Oeste. Na ocasião, houve a participação dos Garis da Alegria, que fizeram apresentações lúdicas, com músicas autorais sobre o descarte correto dos resíduos, e a equipe da coleta seletiva fez o recolhimento de materiais recicláveis na área.

Com a entrega dos coletores, três comunidades foram beneficiadas: a São Sebastião, a Julião e a Ebenézer, todas localizadas na área rural de Manaus. No total, a Semulsp já entregou sete coletores fluviais incluindo a comunidade Nossa Senhora do Livramento, Nossa Senhora de Fátima, Agrovila e na marina do David. A meta é entregar em todas as comunidades rurais da capital.

O equipamento foi desenvolvido pelos servidores da secretaria e vai ajudar a combater o descarte irregular de resíduos na área. Uma equipe de conscientização ambiental atua no espaço, orientando sobre o descarte correto do lixo e o uso do coletor.

“Os coletores fluviais surgiram na gestão do prefeito David Almeida com o objetivo de combater o descarte irregular dos resíduos nas comunidades. Ainda na administração do ex-secretário Sabá Reis, os servidores tiveram essa ideia, colocaram em prática e produziram os coletores”, explicou o secretário da Semulsp, Altervi Moreira, que acompanhou a entrega.

Gari comunitário

O gari comunitário realiza, todos os dias, o recolhimento do lixo na comunidade e leva até o coletor flutuante. Em seguida, o material é acomodado em balsas e encaminhado ao aterro sanitário para o descarrego. No local, os resíduos sólidos são compactados e aterrados. 

A modalidade de limpeza dos igarapés e orla da cidade retira, em média, 35 toneladas de lixo por dia. Grande parte desses materiais retirados das águas é de garrafas PETs, descartáveis e resíduos domésticos, que poderiam ser reciclados.

O líder da comunidade Ébenezer, Francisco Querino, agradeceu o apoio da Prefeitura de Manaus na coleta dos resíduos da comunidade. “Antes do prefeito David Almeida assumir, nós éramos esquecidos. Hoje, temos o apoio da Semulsp que recolhe todo o lixo da comunidade. Nós só temos motivos para agradecer”, enfatizou.


Fotos:João Viana / Semcom

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem