Parque Estadual Sumaúma terá programação especial nos dias da Floresta e da Água

Atividades ocorrem nesta segunda e terça-feira (21 e 22/03)

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) promove ações educativas no Parque Estadual Sumaúma, zona norte de Manaus, em alusão aos Dias da Floresta e da Água. As atividades ocorrerão nesta segunda e terça-feira (21 e 22/03), com entrada gratuita.

Na segunda-feira (21/03), Dia da Floresta, a equipe da Sema estará realizando, das 9h às 16h, visitação guiada pelas trilhas do Parque e distribuição de mudas de árvores frutíferas, medicinais, ornamentais, de arborização e nativas. 

Para o período da manhã, está programada, das 9h às 10h, a realização de plantio de mudas. Já no período da tarde, das 13h às 16h, haverá o “Cine Ambiental”, com exibição de filmes e documentários voltados para a temática.

“Convidamos toda a população manauara a prestigiar o evento. Será um dia bem divertido, com programação para a família inteira”, antecipa Maria Edilene, técnica do Núcleo de Educação Ambiental da Sema.

O acesso ao Parque Sumaúma é realizado pela avenida Bacuri, no bairro Cidade Nova. O espaço recebe visitantes de segunda a sexta, das 8h às 17h. 

Dia da Água – Na terça-feira (22/03), Dia da Água, o Parque recebe o Projeto Biblioteca Móvel, do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam). 

Os alunos da Escola Estadual Dom João de Souza Lima e da Escola Estadual Professora Hilda de Azevedo Tribuzy participarão de uma série de atividades que incluem exposição e demonstração do Corpo de Bombeiros, distribuição de água realizada pela concessionária Águas de Manaus e a participação especial dos Garis da Alegria, da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).

No Dia da Água, a Sema também realizará uma roda de conversa com os alunos e a exibição de vídeos educativos da Agência Nacional das Águas e Saneamento Básico (ANA). 

Sobre o Parque – O Parque Estadual (PES) Sumaúma é uma Unidade de Conservação (UC) de preservação integral. Dentro dele, existem mais de 80 espécies de aves e a presença de pequenos mamíferos, com destaque para o sauim-de-coleira (Saguinus bicolor), a única espécie entre os Callitrichideos amazônicos ameaçada de extinção.

O espaço conta com trilha educativa, viveiro de mudas, centro de convivência para reuniões e área de lazer.

 

FOTO: Divulgação/Sema

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem