Em Barreirinha, Wilson Lima inaugura quinto restaurante popular no interior do estado

O Prato Cheio oferta refeições ao preço simbólico de R$ 1 e faz parte das ações do Governo do Amazonas no combate à Fome

O governador Wilson Lima inaugurou, nesta quinta-feira (24/03), o quinto Prato Cheio no interior do estado, desta vez em Barreirinha (a 331 quilômetros de Manaus). A entrega do restaurante popular, que oferta refeições ao preço simbólico de R$ 1, faz parte do pacote de iniciativas de combate à fome e fortalecimento das políticas públicas de assistência social no interior, promovido pelo Governo do Amazonas.


Além de Barreirinha, os municípios de Manacapuru, Autazes, Itacoatiara e Tefé também estão com restaurantes Prato Cheio em pleno funcionamento. Nesta sexta-feira (25/03), o governador vai inaugurar mais uma unidade em Parintins. Em Manaus, são quatro restaurantes populares, com refeição a R$ 1, e três cozinhas populares, onde são servidas sopas de forma gratuita.

“Depois que a gente superou os momentos mais difíceis da pandemia, nós temos duas grandes crises que precisamos superar: uma delas é a fome a outra a geração de emprego e renda. Nós lançamos o nosso Auxílio Estadual permanente, que é o maior programa de distribuição de renda todos os tempos, e nós estamos ampliando os nossos restaurantes populares, trazendo para o interior o Prato Cheio”, disse Wilson Lima ao se referir às cinco unidades inauguradas desde 2021.

Acompanharam a inauguração do Prato Cheio de Barreirinha, a titular da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Alessandra Campêlo, o prefeito da cidade, Glenio Seixas, e os prefeitos de Boa Vista do Ramos, Eraldo CB, e de Alvarães, Lucenildo Macedo.

Também acompanharam a agenda os deputados estaduais Cabo Maciel, Joana Darc, Therezinha Ruiz, Abdala Fraxe, Tony Medeiros e Saullo Vianna; e os deputados federais Marcelo Ramos e Capitão Alberto Neto.

Em Barreirinha, o restaurante popular do Governo do Amazonas, coordenado pela Seas, está localizado na rua Lauriano Tavares, no Centro.

Importância - Uma das primeiras a chegar ao restaurante, Juciana Corrêa, de 22 anos, conta que o Prato Cheio não poderia ter sido inaugurado em melhor hora. Mãe de três filhos, ela revela que já chegou a dormir com fome.

“Para mim, chegou em boa hora. Dormia com fome, minhas filhas também. Chegou em bom momento, agora minhas filhas não vão mais dormir com fome, vão dormir tendo feito as suas refeições”, disse a autônoma.

Vulnerabilidade - As localizações dos novos restaurantes populares do interior foram definidas com base em estudos socioeconômicos. O público prioritário do Prato Cheio são os segmentos em situação de vulnerabilidade, como desempregados, pessoas em situação de rua e trabalhadores informais que perderam renda em razão da pandemia da Covid-19.

No restaurante popular de Barreirinha, a refeição a R$ 1 pode ser obtida mediante cadastro social e compra de senha, a partir das 8h. Serão 400 almoços por dia, ou seja, 2 mil por semana (segunda a sexta-feira, das 11h às 13h), totalizando a oferta de mais de 8 mil refeições/mês somente no município.

Agenda- O governador Wilson Lima esteve no município do Baixo Amazonas para uma série de anúncios e repasses voltados para o desenvolvimento dos setores primário e social de Barreirinha. Ele também realizou uma visita ao Estádio Paulo Beltrão Filho, que passa por reforma, e acompanhou a intensificação da campanha de vacinação contra a Covid-19, na Escola Estadual João Bosco.

Ainda nesta quinta-feira, o governador segue para os municípios de Nhamundá e Parintins.


Fotos:Arthur Castro/Secom e Miguel Almeida/Seas

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem