Chapa 19 muda o cenário da ponta negra

André Zogahib, candidato a reitor, e Kátia Couceiro, candidata à vice-reitora,  participaram de caminhada para estimular a vida saudável. 

Na manhã deste domingo (13/03), a praia da Ponta Negra vestiu-se de verde e roxo em apoio à candidatura dos professores André Zogahib e Kátia Couceiro à Reitoria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). As eleições acontecerão no próximo dia 23 de março, na capital e em alguns municípios amazonenses.

Apoiadores da Chapa 19 coloriram o espaço durante caminhada que durou por volta de uma hora. O encontro de tantos simpatizantes foi mais uma manifestação espontânea de confiança nas propostas de campanha.

Professores, alunos e técnicos da instituição fizeram questão de apoiar a Chapa 19, que tem no plano de gestao ações para estimular a melhoria da qualidade de vida para a comunidade acadêmica a partir de uma parceria com a Fundação Vila Olímpica, visando reduzir o sedentarismo na UEA, proporcionando saúde e bem-estar.

A caminhada contou com participantes de várias faixas etárias. Até quem ainda não chegou ao ensino superior esteve na Ponta Negra para referendar as propostas de reestruturação da UEA no presente, que terão reflexos futuros. Maria Sophia Amorim, 8 anos, afirmou que quer uma universidade forte para quando ela ingressar no ensino superior. “Meu sonho é ser médica cientista e vou fazer Medicina na UEA”, declarou a pequena, que já está preocupada com o futuro da universidade. 

Para Marcos Amorim, professor do curso de Tecnologia em Produção Pesqueira e pai de Maria Sophia, é muito importante levar as crianças para participar deste ato democrático. “Ela sempre fala que a UEA será a segunda casa dela, por isso é bom vivenciar esse ato democrático nesse momento de reestruturação da nossa universidade. E nós não estamos apenas apoiando uma campanha. Estamos apoiando um projeto de mudança em prol de uma universidade para todos, com gestão, participação e, principalmente, respeito”, afirmou o professor.

A professora Andréa Fragata, do Ciclo Básico de Engenharias da Escola Superior de Tecnologia (EST), acredita na mudança por meio do voto na Chapa 19. “Penso em uma gestão coletiva, integradora e sem segregação. Tenho certeza que o André Zogahib vai conseguir gerir essa universidade de forma igualitária que é o que todos os professores, alunos e técnicos almejam. Vivi a realidade da UEA no interior em 2008. E desde 2013 vivo o dia a dia da universidade na capital. Sinto falta de investimentos na infraestrutura e, principalmente, na qualificação do docente que, atualmente, acontece de forma constrangedora”, explicou a professora. 

O candidato a reitor, o Prof. Dr. André Zogahib, demonstrou otimismo com o reconhecimento do trabalho. Acompanhado da vice na Chapa 19, a Prof.ª Dra. Kátia Couceiro, ele enfatizou que sua gestão, caso seja eleito, entrará para a história da instituição pela participação de todos e pelo respeito às ideias e opiniões.

“Esse ato é um pontapé inicial para que a gente tenha um grande programa de qualidade de vida na UEA, que envolva todos os aspectos da saúde, como a prática de atividades físicas. Hoje, conseguimos mobilizar uma grande quantidade de professores, técnicos e alunos para fazer uma caminhada logo cedo. Então, é esse tipo de incentivo que a nossa gestão quer dar para as pessoas para que elas possam trabalhar com muito mais condições, principalmente com saúde. E esperamos que com a vitória consigamos implementar uma série de ações voltadas à saúde do servidor e alunos da universidade”, enfatizou André Zogahib. 

Kátia Couceiro destacou a preocupação com a comunidade acadêmica por inteiro. “Como diz o nosso slogan: é o respeito ao outro, respeito à saúde, harmonia entre todos. Essa qualidade de vida nos dá disposição para trabalharmos e fazermos com mais eficiência o que estamos propondo. A cidade oferece espaços equipados e temos o curso de Educação Física, onde professores e muitos voluntários são engajados na realização dos jogos universitários. Então, uma das nossas propostas é incluir esses jogos universitários no calendário acadêmico para que possamos dar mais incentivo aos atletas, tendo a preocupação de que a agenda dos jogos não conflite com a agenda acadêmica”, salientou a Prof.ª Dra.

Mulheres em comemoração

Neste sábado (12/03), ainda como forma de reconhecer e parabenizar a luta das mulheres, as apoiadoras da Chapa 19 ofereceram  um lanche da tarde para fortalecer os laços e destacar a importância da participação feminina em todos os espaços, principalmente na UEA.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem