Mutirão de assistência jurídica encerra nesta sexta-feira em Barcelos

Só nos dois primeiros dias de evento, mais de 200 pessoas foram assistidas

O casal de agricultores Raigleise Onofre Bezerra e Francivaldo Jordão dos Santos está junto há dois anos e sonhava em oficializar a união, no município de Barcelos (AM). Eles aproveitaram o mutirão de atendimento jurídico gratuito da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), que encerra nesta sexta-feira, para reconhecer a união estável e saíram de lá felizes com o resultado. Além deles, mais de 200 pessoas foram assistidas só nos dois primeiros dias de evento.  

De acordo com o coordenador do programa Defensoria Itinerante, defensor Danilo Germano, o mutirão foi voltado para questões da área de família e teve uma procura considerada significativa. “É que muitas pessoas tinham mais de uma demanda para resolver, então o volume de atendimento acaba sendo maior”, explicou.  

Casos de pensão alimentícia e retificação do registro civil foram as principais demandas recebidas. O mutirão também serviu para atender questões relacionadas a guarda de filhos, divórcio, reconhecimento e dissolução de união estável, entre outras.  

“Temos uma equipe altamente qualificada e pudemos assegurar uma assistência célere e humanizada, tudo para garantir que essas pessoas acessassem ao sistema de Justiça de maneira digna”, completou Germano. 

Para o defensor, a união dos agricultores Raigleise e Francivaldo foi um dos momentos mais marcantes deste mutirão: “Apesar da ação de reconhecimento de união estável ser comum nas nossas ações, essa foi especial porque observamos que a família e amigos deles vieram em peso acompanhar e registraram tudo. Deu para perceber que era um momento de celebração do amor. Foi um momento muito bonito”. 

Retomada gradativa 

Por conta da covid-19, os atendimentos presenciais em Barcelos ficaram suspensos por um tempo, mas estão sendo retomados gradativamente pelo Polo do Alto Rio Negro, cuja sede fica em São Gabriel da Cachoeira. 

Desde a última quarta-feira, uma equipe do programa Defensoria Itinerante está realizando o mutirão na Escola Estadual Angelina Mendes, para ajudar a reduzir a fila de espera, que se formou devido a pandemia.  

 

FOTO: Divulgação - DPE/AM

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem